728 x 90
[lbg_audio8_html5_shoutcast settings_id="1"]

Prazo para declarar rebanho é prorrogado de novo após RO não atingir 100% da meta

Novo prazo vai até 30 de julho, segundo a Idaron. Produtores que não fizerem a declaração terão suas fichas bloqueadas.

A Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril (Idaron) prorrogou, de novo, o prazo para os produtores inadimplentes fazerem a declaração obrigatória dos rebanhos. O anúncio da nova prorrogação foi feito nesta sexta-feira (17), dois dias depois do prazo oficial ser encerrado e o estado ter chegado a 96% da meta de declaração.

Segundo a Idaron, os produtores rurais que não tinham feito a declaração até 15 de julho terão uma nova chance, devendo a declaração ser entregue obrigatoriamente até 30 de julho. O adiamento na data foi adotada em razão da pandemia de Covid-19.

Além disso, o estado não atingiu 100% da meta de declaração do rebanho. O governo diz que apenas a regional de Pimenta Bueno conseguiu atingir os 100% das declarações.

Porto Velho é a regional da Idaron com maior índice de inadimplência, tendo atingido algo próximo a 99% dos produtores.

Abaixo, veja o número de declarações que faltavam ser entregues, por regionais, até 15 de julho:

  • Porto Velho: 289
  • Ariquemes: 240
  • Jaru: 55
  • Ji-Paraná: 88
  • São Francisco: 48
  • Pimenta Bueno: 0
  • Vilhena: 56
  • Rolim de Moura: 27

Campanha de declaração

A campanha de declaração de rebanhos teve início em maio, com duração de 60 dias. Depois do prazo normal, entre 1° a 15 de julho, a Idaron afirma ter notificado os produtores inadimplentes para aderirem à nova prorrogação de campanha (de 16 e 30 de julho).

Em 2020, a campanha de declaração de rebanhos foi adotada como uma das estratégias para que Rondônia seja reconhecida internacionalmente como área livre de aftosa sem vacinação.

É obrigatório declarar o rebanho de bovinos, bubalinos, ovinos, caprinos e suínos. Os produtores que não fizerem a declaração terão suas fichas bloqueadas para emissão de Guia de Trânsito Animal (GTA) e outros documentos.

Fonte: G1.Globo

banner plan materia
floricultura

Comentarios

os comentaio sao de sua problia responsabilidade *

Novidades