728 x 90
[lbg_audio8_html5_shoutcast settings_id="1"]

Rondônia tem alta de 15,38% nos assassinatos em agosto, sendo 70% deles em cidades do interior

Ji-Paraná e Buritis tiveram 26,66% do total de mortes violentas no estado. Estado já tem quase 290 assassinatos em oito meses.

Rondônia teve uma alta de 15,38% no número de assassinatos em agosto deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado. Os dados são da Polícia Civil e foram repassados ao G1 nesta quarta-feira (28) via Lei de Acesso à Informação (LAI).

O levantamento extraído do sistema de registro de ocorrências mostra que foram 30 vítimas assassinadas em agosto de 2020, ante 26 mortes no mesmo período do ano passado.

Do total de assassinatos registrados no estado no último mês de agosto, nove foram em Porto Velho — o que corresponde a 30% do número total.

Os outros 70% dos assassinatos ocorreram em cidades do interior. Juntas, Ji-Paraná e Buritis tiveram 26,66% do total de mortes violentas no estado. Já Vilhena teve 10% das execuções e, Rolim de Moura, 6,66%.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, das 30 mortes contabilizadas em Rondônia em agosto, 28 são consideradas como homicídio doloso, uma como latrocínio e uma de lesão corporal seguida de morte.

Assassinatos em 2020

Os dados do G1 através do Monitor da Violência mostram que, em 2020, o mês mais violento no estado foi junho: 45 assassinatos em 30 dias. Em seguida aparece abril, com 43 execuções, e março, com um total de 42.

Nos oito primeiros meses deste ano, segundo o Monitor da Violência, Rondônia já soma 287 assassinatos. No mesmo período do ano passado foram 279, o que representa uma alta de 2,86%.

Assassinatos de mulheres

Na última semana, dados do 14º Anuário Brasileiro de Segurança Pública revela que os assassinatos de mulheres aumentaram 254% em Rondônia no primeiro semestre.

Ao todo, 39 mulheres foram assassinadas entre janeiro e junho de 2020 no estado. Com isso, Rondônia foi o estado brasileiro que mais registrou crescimento de homicídios dolosos com vítimas do sexo feminino.

Fonte: G1.Globo

banner plan materia
floricultura

Comentarios

os comentaio sao de sua problia responsabilidade *

Novidades