728 x 90
[lbg_audio8_html5_shoutcast settings_id="1"]

Prefeitura anuncia recuo e coloca Ariquemes na fase 3 de distanciamento social

Mudança de fase foi necessária devido ao aumento de casos de coronavírus, segundo decreto. Veja o que muda.

A prefeitura de Ariquemes (RO), colocou o município na 3 de distanciamento social e abertura do comércio. O decreto que autoriza a reclassificação da fase 4 para 3 já foi publicado e entra em vigor a partir de quinta-feira (17).

A mudança de fase foi necessária devido ao aumento de casos de coronavírus. Desde 1° de dezembro, o número de casos subiu mais de 7% em Ariquemes (saiu de 6.398 para 6.860). Já o número de óbitos cresceu de 109 para 117 em duas semanas.

O que não poderá funcionar na fase 3?

  1. Casas de shows e boates. Os locais também ficam proibidos de serem alugados para eventos na modalidade com até 50% de sua capacidade máxima;
  2. Reuniões com mais de 16 pessoas;
  3. Cursos e afins para pessoas com menos de 18 anos;
  4. Cursos com mais de 16 pessoas;
  5. Locais de consumação de produtos fumígenos. Exemplo: “Lounges”, tabacarias e casas de narguilé.

Segundo a prefeitura, as novas regulamentações ficarão em vigência pelo período de 14 dias ou até que seja publicada nova classificação estadual.

Poderão funcionar nos próximos dias os seguintes segmentos:

  • Cinemas, teatros e museus, com público máximo de 50% de sua capacidade, não podendo haver consumação de comida e bebidas no local de alimentação e bebidas dentro do ambiente de salas e instalações;
  • Bares, lanchonetes, restaurantes, conveniências e afins com público máximo de 50%, não podendo exceder as 23h;
  • Serviços de eventos e afins com capacidade máxima de 50%, não ultrapassando a capacidade de 100 pessoas, além da modalidade drive-in;
  • Aqueles que exercem atividades comerciais no Município de Ariquemes, inclusive aos permissionários atuantes na Praça da Vitória, o dever de observar as medidas sanitárias do Decreto Estadual nº 25.470, de 21 de outubro de 2020, bem como, àquelas descritas nos decretos municipais em vigor; e
  • O Parque Botânico Municipal terá horário de visitação no período de 8h às 20h, observadas a limitação de 50% da capacidade, bem como a obrigatoriedade de observância de regras sanitárias previstas nos decretos estaduais e municipais pelos visitantes.

Fonte: G1.Globo

banner plan materia
floricultura

Comentarios

os comentaio sao de sua problia responsabilidade *

Novidades